14 de abril

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
11/08/23 às 11h15 - Atualizado em 5/02/24 às 15h35

Vigilância redobrada em casos de incêndios florestais neste período de estiagem

COMPARTILHAR

Até final de novembro, as atenções estão voltadas para o combate aos incêndios neste período de seca, com destaque para as unidades de preservação ambiental. São mais 150 novos brigadistas florestais que atuam na prevenção, distribuídos entre as 14 unidades de conservação sob a gestão do Instituto Brasília Ambiental. O propósito é manter a segurança da fauna e da flora nestas áreas nesta época de estiagem.

A contratação dos brigadistas florestais faz parte do Plano de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (PPCIF), coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente e Proteção Animal (Sema), e composta por Brasília Ambiental, Jardim Botânico de Brasília (JBB), Defesa Civil, Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), Polícia Militar (PMDF) e Secretaria da Saúde (SES).

Segundo dados do Brasília Ambiental, no ano passado, foram registradas 64 áreas queimadas nas unidades de conservação, totalizando 2.969,01 hectares. Como a previsão é que o período de seca deste ano se prolongue por mais tempo, os brigadistas passaram por capacitação e estão preparados para a intervenção logo no início dos incêndios, com menos desgastes para os profissionais e menor comprometimento das áreas de preservação.

 

A Administração do Lago Sul reitera o pedido de que, em caso de ocorrência de focos de incêndio, acionem imediatamente o Corpo de Bombeiros, pelo telefone 193. Em casos de queimadas não autorizadas, as denúncias podem ser feitas via OuvidoriaDF ou no próprio Instituto Brasília Ambiental, pelo telefone 162.

Mapa do site Dúvidas frequentes